MK quimica
Tela principal
Bem-vindos à MK
Navegue pela nossa linha do tempo e conheça um pouco da história da empresa nesses mais de 30 anos de existência. acompanhe nossa linha do tempo
  • 1979

    Até o final dos anos 1970, o mercado de produtos químicos para a indústria do couro no Brasil era totalmente controlado por empresas multinacionais. Por problemas com as importações, essas empresas deixaram faltar, no mercado interno, um tensoativo que era usado no desengraxe e lavagem de peles. Na época, Milton Kogler, técnico em curtimento, atuava como consultor de algumas empresas deste segmento e foi desafiado por um de seus clientes a solucionar o problema!

    Com os seus conhecimentos de química e da tecnologia do couro, muita pesquisa e o uso de uma batedeira vermelha “confiscada” da cozinha de sua casa chegou à solução: o TENSOATIVO MK II, que é produzido até hoje. O produto, entretanto, exigia que se mudasse o processo utilizado no desengraxe das peles. Milton o fez, e descobriu, assim, a fórmula que iria garantir o sucesso da MK nos anos vindouros: a combinação de serviço, produto e processo.

    Em 1º. de setembro, nasce a MK, com a razão social de Milton Kogler Ltda.

  • Década de 1980

    Com o desenvolvimento dos primeiros produtos a MK começa a atender demandas dos curtumes de peles lanares, estendendo a linha para outros segmentos da indústria do couro. Em setembro de 1981 é fundada a MK Indústria Química Ltda., que se instalou em um terreno na margem da RS-240 em Portão. Nesta época a MK já produzia diversos produtos para as etapas iniciais do processamento de couros, dentre eles, tensoativos, desencalantes e auxiliares de remolho e caleiro.

    Em 1987 tem início a implantação de uma planta industrial na Estrada Boa Vista, onde hoje a MK tem sua sede, com transferência de parte da produção para o primeiro pavilhão da nova unidade. Em setembro de 1988 é fundada a MK Química do Brasil Ltda, que começa a fornecer curtentes crômicos, produtos que na época eram monopólio de uma grande multinacional, além de produtos de purga, sendo a primeira empresa nacional a produzir este tipo de insumo.

    Em 1989 a MK adquire o primeiro caminhão para agilizar a entrega de seus produtos, o que foi o embrião da MK Cargo. A MK encerra a década produzindo 350 toneladas de produtos químicos por mês.

  • Início dos anos 1990

    Já no início da sua segunda década de existência a MK ampliou o desenvolvimento de produtos com enfoque ambiental, algo ainda novo para as indústrias na época. Uma das novidades foi o Sistema Advance, uma linha de produtos para as etapas iniciais da produção de couros que permite maior economia de insumos químicos e menor consumo de água, possibilitando até 100% de reaproveitamento dos banhos de processo.

    Em 1991 a MK recebe o primeiro reconhecimento pelos seus investimentos em qualidade e em 1992 inicia a sua atuação no mercado internacional, conquistando os primeiros clientes na América Latina.

    A ampliação da unidade produtiva continua em curso, sendo que até 1995 toda a atividade de produção é concentrada na planta da Estrada Boa Vista, já com as unidades de pós, de produção de enzimas e de reação líquida. Também é finalizada a transferência e ampliação dos Laboratórios de Pesquisa e Desenvolvimento, Controle de Qualidade e Aplicação Técnica.

  • Final do século XX

    Nos últimos anos do século XX a MK experimenta um rápido crescimento. Os novos produtos com enfoque ambiental inovam os processos dos curtumes, com a introdução de conceitos que hoje são “padrões” dentro desta indústria. Também se intensifica a entrega de produtos líquidos a granel, o que possibilita ganhos de eficiência, economia e menor impacto ambiental.

    Os processos de gestão também são incrementados. Em 1995 a MK adere ao Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP), em 1997 elabora o seu primeiro Planejamento Estratégico e em 1999 obtém a certificação do Sistema de Qualidade de acordo com a ISO 9001.

    A MK é uma das primeiras empresas de seu setor que lança um website e catálogo de produtos em formato eletrônico (disquete), nos idos de 1996, ano em que ultrapassa a marca de produção de 1000 toneladas por mês.

    Em 1998 inicia-se o processo de diversificação, com o desenvolvimento de novas linhas de produtos para outros setores de atividade. Para tanto a estrutura produtiva é ampliada, com a instalação da planta de polimerização para produção de resinas acrílicas e vinílicas. A MK comemora os seus 20 anos produzindo mais de 1500 toneladas por mês distribuídas em uma linha de mais de 100 produtos.

  • Primeiros anos 2000

    Os primeiros anos do século XXI trouxeram a consolidação da presença da MK tanto no mercado nacional como internacional, e o reconhecimento do porte e da importância que tem. E para sustentar este crescimento a MK instalou, em 2000, uma unidade na região Nordeste do Brasil, em Juazeiro (BA).

    Além dos reconhecimentos pelo alto nível de qualidade, alcançando o nível Ouro do PGQP, a MK recebeu em 2001 o Troféu Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa do RS e o Prêmio Primus Inter Pares nas categorias Inovação Tecnológica e Comércio Exterior, premiações estas que vêm a se repetir em anos seguintes. A contínua ampliação da linha de produtos, em especial com o desenvolvimento de alternativas que venham a reduzir o impacto ambiental das indústrias de transformação atendidas pela MK, lança as bases da sustentabilidade com a divulgação dos 3E’s – Eficiência, Economia e Ecologia – que já faziam parte do DNA da MK.

    Em 2004 a MK completa 25 anos, inaugurando a Unidade Centro-Oeste, em Três lagoas (MS) que fecha o primeiro ano de operação ultrapassando a marca de produção de 1000 toneladas por mês, o que torna a MK a maior produtora de insumos químicos para curtumes instalada no Brasil.

  • 2005 a 2009

    Esses anos são marcados pela ampliação de mercados da MK. Para a indústria do couro são lançados novos produtos que completam as linhas de acabamento molhado e final, buscando atender às mais diversas demandas de couros para os setores de calçados, artefatos, automotivo e moveleiro.

    Em 2007 inicia-se a produção de couro reconstituído através da Unidade Solus, que leva ao mercado de calçados, artefatos, móveis e decoração novos compósitos com características técnicas e de acabamento que atendem às mais diversas aplicações.

    Em 2009 a MK inicia a sua atuação no setor têxtil através de uma equipe de desenvolvimento e de assistência técnica própria, conquistando seus primeiros clientes no mercado da Região Sul do país.

    A MK encerra a primeira década do século XXI e chega aos seus 30 anos produzindo mais de 4000 toneladas por mês e exportando para 17 países espalhados nos cinco continentes. Além disso, já conta com uma frota de mais de 20 caminhões que rodam em média mais de 11 mil quilômetros por mês entregando os seus produtos.

  • Anos recentes

    Nos últimos anos a MK vêm se destacando nas questões ligadas à sustentabilidade. Do ponto de vista econômico e ambiental, aprimorando produtos e processos para garantir os melhores resultados tanto em sua atividade como na de seus clientes. Na questão social, realizando diversas ações voltadas ao público interno e à comunidade, que foram reconhecidos com a conquista do Prêmio Top Ser Humano em 2010 e 2011.

    Em 2013, foi a primeira empresa do segmento químico e da produção de couro reconstituído que conquistou a certificação “Origem Sustentável”, programa conduzido pela Assintecal e Abicalçados que certifica as empresa que incluem a sustentabilidade em seus processos, abrangendo os pilares econômico, ambiental, social e cultural.

    A partir de 2012, a MK também vem ampliando a sua participação no mercado através da Unidade de Negócio de Químicos Básicos e da oferta dos serviços da MK Cargo para outras empresas.